Niterói

Arquivos do Autor: facebook_Eugenio Fernandez de Andrade.1156606821063636

Projeto “Deus Proverá” precisa da sua ajuda para formar os futuros sacerdotes

É através do Projeto “Deus Proverá”, que os fiéis da Arquidiocese de Niterói ajudam o Seminário Arquidiocesano São José a formar os futuros sacerdotes. Devido à pandemia Covid-19, não está sendo possível o envio de boleto para os benfeitores. As modalidades para ajuda ao Seminário Arquidiocesano São José são através das contas vinculadas ao CNPJ: 30.147.995/0002-60, Santander, Agência 3399, Conta Corrente 13.000786-9 ou no Bradesco, Agência  2807, Conta Corrente 0013960-2”. Hoje, o seminário apresenta uma nova modalidade, através do Cartão de Crédito, para que o benfeitor do Seminário Arquidiocesano tenha mais comodidade e não precise sair de casa, nesse momento de isolamento social. Para contribuir através do cartão de Crédito, acesse o site: http://bit.ly/cartaodeusprovera e preencha o formulário. O Seminário São José tem 111 anos,  formando sacerdotes e, para ajudar nas despesas, um dos projetos é o “Deus Proverá”. Padre Douglas, Reitor do Seminário, em entrevista ao SECOM, no ano passado, disse: “a providência divina nunca nos faltou e temos plena confiança de que nunca nos faltará! Ela vem de diferentes formas, seja com auxílio financeiro da Mitra Arquidiocesana,  doação de mantimentos das paróquias ou até mesmo, com a ajuda de movimentos religiosos presentes em nossa Arquidiocese”. E concluiu: “Para auxiliar nessas despesas, também temos o nosso Projeto Deus Proverá. Seu funcionamento é bem simples: aquele que deseja ser um benfeitor do nosso Seminário, colaborando, mensalmente, para a formação dos futuros padres, basta efetuar um cadastro. A partir daí, você se torna, oficialmente, um benfeitor e poderá nos ajudar da maneira que preferir: boleto bancário via Correios, boleto bancário via e-mail, depósitos ou carnês”, destacou o sacerdote. Para informações do Seminário: WhatsApp: (21) 98679-3022 ou (21) 2717-1855”. Por João Dias Arte: arquivo SECOM

O post Projeto “Deus Proverá” precisa da sua ajuda para formar os futuros sacerdotes apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

Missa do 32º Domingo do Tempo Comum será no Gradim em SG

O Arcebispo Metropolitano de Niterói, Dom José Francisco, a cada domingo está visitando uma comunidade da Arquidiocese, para a celebração dominical. No dia 8 de novembro, a Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e São José Operário, no Gradim, em São Gonçalo, recebe a visita do senhor Arcebispo para a Santa Missa do 32º Domingo Comum. A transmissão tem início às 10h, e será ao vivo, pelo Facebook, YouTube e a Rádio oficial da Arquidiocese. Participe da Santa Celebração, com Dom José Francisco, Arcebispo de Niterói, no dia 8 de novembro às 10h, através do site: https://arqnit.org.br ou https://radioanunciadora.org.br; no Facebooks: https://fb.com/arqnit ou https://fb.com/radioanunciadora;  ou no YouTube: https://youtube.com/arqnit. Acompanhe aqui:   Por João Dias Arte: Thiago Maia

O post Missa do 32º Domingo do Tempo Comum será no Gradim em SG apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

Jornal Arquidiocesano de novembro de 2020 já está disponível

O Setor de Comunicação da Arquidiocese de Niterói (SECOM-ArqNit) acaba de disponibilizar, hoje, dia 6 de novembro, a publicação do Jornal Arquidiocesano Niterói Católico, de novembro de 2020, online, em face da pandemia da Covid-19. Esta é a oitava edição em que é publicado online, e está disponível, inclusive, para download. Neste mês, além das notícias da Igreja Católica na Arquidiocese, no Brasil e no mundo, está disponibilizado o demonstrativo contábil, ou seja, as  demonstrações financeiras dos recursos utilizados, doações recebidas e patrimoniais do Albergue da Misericórdia, situado no município de São Gonçalo, estado do Rio de Janeiro. Devido à pandemia, este demonstrativo estará disponível somente na versão online do jornal. As demonstrações financeiras foram elaboradas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, e as normas emitidas pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), as quais abrangem a Legislação Societária, os Pronunciamentos, as Orientações e as Interpretações emitidas pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC). A Arquidiocese tem uma forte presença nos meios de comunicação, a começar pelo seu próprio site, oferecendo conteúdos referentes aos acontecimentos arquidiocesanos. Além disso, o jornal impresso contribui para a transmissão de notícias da Igreja niteroiense. A versão online, assim como a edição física, proporciona ao leitor a experiência de folhear as páginas, em versão para a internet, com interatividade, ou seja, todas as páginas completas, com anúncios, fotos e matérias. O Niterói Católico tem 56 anos de existência, com publicações ininterruptas. Fundado em 1964, voltado para o público católico, é um dos mais antigos em sua categoria. Sua história está diretamente ligada ao crescimento e desenvolvimento da Diocese de Niterói, hoje Arquidiocese. De suas origens, conservou a faculdade de ser porta-voz legítimo e reconhecido da Igreja de Niterói, testemunha fiel da história, tornando-se formador isento da opinião pública cristã. LEIA A VERSÃO ON LINE:   VERSÃO EM PDF Por João Dias Arte: Thiago Maia

O post Jornal Arquidiocesano de novembro de 2020 já está disponível apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

Arquidiocese presente na 6ª Semana Social Brasileira da CNBB

A Arquidiocese de Niterói foi representada em dois encontros de Pastorais Sociais: o primeiro,  no dia 6 de outubro, na sexta Semana Social Brasileira, organizada pela CNBB, e o segundo, na Reunião do Regional Leste 1 da CNBB da sexta Semana Social Brasileira, no dia 30 de outubro. Em ambos os encontros representaram a Arquidiocese, Lara Bernardo, membro do comitê arquidiocesano das Pastorais Sociais, do comitê arquidiocesano da Pastoral do Povo de Rua e coordenadora da Pastoral Universitária; e Kamily Bomfim, vice-coordenadora regional da Pastoral do Menor e coordenadora arquidiocesana da Pastoral do Menor. No dia 03 de outubro, foi lançada em todo Brasil, pela CNBB, a 6ª Semana Social Brasileira, que se estenderá até o ano de 2022. O tema desta edição é “Mutirão por Terra, Teto e Trabalho”.  Segundo Lara Bernado, “ao longo desses dois anos serão desenvolvidos projetos em todo o Brasil em diálogo com o tema. É importante lembrar que as edições anteriores deram origem a importantes iniciativas, tais como a marcha O Grito dos Excluídos, em 1995 e a criação do Fórum das mudanças climáticas e justiça sócioambiental, em 2005. O lançamento deste ano, na modalidade online, teve eventos em todos os regionais”, explicou ela. Já no dia 30 de outubro, houve a primeira reunião do Comitê da 6ª Semana Social Brasileira do Regional Leste 1 (Rio de Janeiro), que contou com representantes de todas as (Arqui) dioceses que compõem o Regional. Ainda segundo Lara Bernado, após as falas sobre a 6ª Semana, “…cada diocese apresentou os planos em construção para que o tema seja trabalhado com as iniciativas já existentes e construção de novos projetos”, lembrando que “em breve a Arquidiocese de Niterói se reunirá com seu comitê particular, a fim de dar inícios aos trabalhos. Algumas articulações pastorais já estão sendo feitas!”, afirmou a coordenadora da Pastoral Universitária. Lara Bernado, perguntada como foi participar da construção da 6ª Semana Social Brasileira, disse à redação do Jornal Niterói Católico que “tem sido incrível participar da construção da 6ª Semana Social Brasileira, principalmente sendo tão jovem! É lindo acompanhar a trajetória de tantos agentes pastorais, sacerdotes e religiosos que possuem uma participação ímpar na luta por garantia de direitos aos mais vulneráveis! Ao participar do lançamento, no início de outubro, e da reunião regional, me dei conta do enorme impacto que a Semana Social tem no Brasi,l desde o início da década de 1990, quando eu nem mesmo era nascida. Hoje me sinto muito orgulhosa por participar dessa construção coletiva por uma sociedade mais justa e solidária, junto aos valores da Doutrina Social da Igreja e guiada pelas diretrizes da CNBB. Para a Arquidiocese de Niterói, temos feito planos para ampliar a articulação das pastorais sociais, fazer parcerias com outras instituições e dar início a projetos sociais de transformação, pautados nos três Ts da 6ª SSB (teto, terra e trabalho). Precisamos unir esforços, em um mutirão pela vida, para que mais pessoas tenham acesso à moradia, alimentação sustentável e trabalho!”, finalizou ela com alegria. Kamily Bomfim, vice-coordenadora regional da Pastoral do Menor e coordenadora arquidiocesana da Pastoral do Menor, destacou: “Foi um grande prazer ser convidada para participar da reunião regional de construção da 6ª Semana Social Brasileira. Por meio dela, tivemos a oportunidade de conhecer lideranças de outras regiões e realizar um intercâmbio sobre atividades que estão sendo desenvolvidas. São iniciativas belíssimas, que expressam a opção de Jesus, onde junto aos pobres e marginalizados, somos convocados a nos confrontarmos com a realidade que atualmente o nosso povo enfrenta. Por meio dessas ações, somos chamados a perceber que Cristo está presente na pessoa dos que estão sofrendo. Por fim, espero possamos construir juntos, em nossa arquidiocese, a 6SSB, respondendo a necessidade de defender, cuidar e promover a Vida em um contexto onde são ameaçadas e eliminadas.”, finalizou Kamily Bomfim.   Por João Dias Fotos: Arquivos Pessoais Informações: Lara Bernado Arte: CNBB

O post Arquidiocese presente na 6ª Semana Social Brasileira da CNBB apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

Católico