Niterói

Arquivos do Autor: facebook_Eugenio Fernandez de Andrade.1156606821063636

Vaticano divulga mensagem do 55º Dia Mundial das Comunicações Sociais

Como de costume, no dia 23 de janeiro, véspera da memória de São Francisco de Sales, patrono dos jornalistas, a mensagem do Papa Francisco, para o 55º Dia Mundial das Comunicações Sociais, aborda temas atuais, e convoca, a nós, comunicadores, para ver os fatos e contar a verdade da vida. Aos jornalistas, o Papa disse: “Temos que agradecer a coragem e determinação de tantos profissionais (jornalistas, operadores de câmeras, editores, cineastas, que trabalham muitas vezes sob grandes riscos), por hoje conhecermos, por exemplo, a difícil condição das minorias, perseguidas em várias partes do mundo, muitos abusos e injustiças contra os pobres e contra a criação, que foram denunciados, e muitas guerras esquecidas que foram noticiadas. Seria uma perda não só para a informação, mas também para toda a sociedade e para a democracia, se faltassem estas vozes: um empobrecimento para a nossa humanidade”, agradeceu o Santo Padre no documento. A mensagem divulgada hoje é para o 55º Dia Mundial das Comunicações, que celebraremos no dia 16 de maio. Leia a íntegra da Mensagem: “Vem e verás” (Jo 1, 46). Comunicar encontrando as pessoas onde estão e como são Queridos irmãos e irmãs! O convite a “ir e ver”, que acompanha os primeiros e comovedores encontros de Jesus com os discípulos, é também o método de toda a comunicação humana autêntica. Para poder contar a verdade da vida que se faz história (cf. Mensagem para o 54º Dia Mundial das Comunicações Sociais, 24 de janeiro de 2020), é necessário sair da presunção cômoda do “já sabido” e mover-se, ir ver, estar com as pessoas, ouvi-las, recolher as sugestões da realidade, que nunca deixará de nos surpreender em algum dos seus aspectos. “Abre, maravilhado, os olhos ao que vires e deixa as tuas mãos acumularem-se do vigor da seiva, de tal modo que os outros possam, ao ler-te, tocar com as mãos o milagre palpitante da vida”: aconselhava o Beato Manuel Lozano Garrido[1] aos seus colegas jornalistas. Por isso, este ano, desejo dedicar a Mensagem à chamada a “ir e ver”, como sugestão para toda a expressão comunicativa que queira ser transparente e honesta: tanto na redação dum jornal, como no mundo da web, tanto na pregação comum da Igreja, como na comunicação política ou social. “Vem e verás” foi o modo como a fé cristã se comunicou, a partir dos primeiros encontros nas margens do rio Jordão e do lago da Galileia. Gastar as solas dos sapatos Pensemos no grande tema da informação. Há já algum tempo que vozes atentas se queixam do risco dum nivelamento em “jornais fotocópia” ou em noticiários de televisão, rádio e websites que são, substancialmente, iguais, onde os gêneros da entrevista e da reportagem perdem espaço e qualidade, em troca duma informação pré-fabricada, “de palácio”, autorreferencial, que cada vez menos consegue interceptar a verdade das coisas e a vida concreta das pessoas, e já não é capaz de individuar os fenômenos sociais mais graves, nem as energias positivas que se libertam da base da sociedade. A crise editorial corre o risco de levar a uma informação construída nas redações, diante do computador, nos terminais das agências, nas redes sociais, sem nunca sair à rua, sem “gastar a sola dos sapatos”, sem encontrar pessoas para procurar histórias ou verificar com os próprios olhos determinadas situações. Mas, se não nos abrimos ao encontro, permanecemos espectadores externos, apesar das inovações tecnológicas com a capacidade que têm de nos apresentar uma realidade engrandecida, onde nos parece estar imersos. Todo o instrumento só é útil e válido, se nos impele a ir e ver coisas que, do contrário, não chegaríamos a saber, se coloca em rede conhecimentos que, do contrário não circulariam, se consente encontro que, do contrário, não teria lugar. Aqueles detalhes de crônica no Evangelho Aos primeiros discípulos que querem conhecer Jesus, depois do seu Batismo no rio Jordão, Ele responde: “Vinde e vereis” (Jo 1, 39), convidando-os a permanecer em relação com Ele. Passado mais de meio século, quando João, já muito idoso, escreve o seu Evangelho, recorda alguns detalhes “de crônica”, que revelam a sua presença no local e o impacto que teve na sua vida aquela experiência: “era cerca da hora décima”, observa ele! Isto é, às quatro horas da tarde (cf. 1, 39). No dia seguinte (narra ainda João), Filipe informa Natanael do encontro com o Messias. O seu amigo, porém, mostra-se cético: “De Nazaré pode vir alguma coisa boa?” Filipe não procura convencê-lo com raciocínios, mas diz-lhe: “vem e verás” (cf. 1, 45-46). Natanael vai e vê, e a partir daquele momento, a sua vida muda. A fé cristã começa assim; e comunica-se assim: com um conhecimento direto, nascido da experiência, e não por ouvir dizer. “Já não é pelas tuas palavras que acreditamos; nós próprios ouvimos…”: dizem as pessoas à Samaritana, depois de Jesus Se ter demorado na sua aldeia (cf. Jo 4, 39-42). O método “vem e verás” é o mais simples para se conhecer uma realidade; é a verificação mais honesta de qualquer anúncio, porque, para conhecer, é preciso encontrar, permitir à pessoa que tenho à minha frente que me fale, deixar que o seu testemunho chegue até mim. Agradecimento pela coragem de muitos jornalistas O próprio jornalismo, como exposição da realidade, requer a capacidade de ir onde mais ninguém vai: mover-se com desejo de ver. Uma curiosidade, uma abertura, uma paixão. Temos que agradecer a coragem e determinação de tantos profissionais (jornalistas, operadores de câmeras, editores, cineastas que trabalham muitas vezes sob grandes riscos), se hoje conhecemos, por exemplo, a difícil condição das minorias perseguidas em várias partes do mundo, se muitos abusos e injustiças contra os pobres e contra a criação foram denunciados, se muitas guerras esquecidas foram noticiadas. Seria uma perda não só para a informação, mas também para toda a sociedade e para a democracia, se faltassem estas vozes: um empobrecimento para a nossa humanidade. Numerosas realidades do planeta – e mais ainda neste tempo de pandemia – dirigem ao mundo da comunicação um convite a “ir […]

O post Vaticano divulga mensagem do 55º Dia Mundial das Comunicações Sociais apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

SECOM reforça a ajuda às Pascom’s, na publicação de imagens

Com a divulgação da carta do dia 13 de janeiro de 2021, assinada pelo diretor editorial do Dicastério para a Comunicação do Vaticano, Andrea Tornielli, e pelo jornalista do VaticanNews, Silvonei Protz, vetando a utilização, por veículos de comunicação da Igreja, no mundo (dioceses, paróquias e outras entidades eclesiais), de fotos retiradas do site VaticanNews, protegidas por direitos autorais, e com a decisão, tomada no dia 23 de outubro de 2020, tendo como base o material formativo sobre direitos autorais e de imagem da Pascom Brasi, o Setor de Comunicação da Arquidiocese de Niterói (SECOM-ArqNit) reforçou a ajuda a todas as Pascoms de nossa  Arquidiocese. Como já vem fazendo, o Setor de Comunicação continua monitorando as imagens publicadas no portal ArqNit, e aquelas que podem ser utilizadas por todos, têm a informação: reprodução autorizada, após o crédito da foto.  As Pastorais de Comunicação das Paróquias e comunidades que compõem a Arquidiocese de Niterói, já contam com esse serviço inédito do SECOM, desde o ano passado, quando nos antecipamos a estas determinações. Em uma iniciativa inédita, entre as dioceses do Brasil, facilitamos o trabalho dos agentes que, muitas vezes, são voluntários. Veja o exemplo de como irão aparecer as imagens autorizadas para publicação: Por João Dias Foto: print do Portal ArqNit

O post SECOM reforça a ajuda às Pascom’s, na publicação de imagens apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

Cantor da Arquidiocese promove Live em prol da Nova Catedral

Na sexta-feira, 29 de janeiro, a partir das 20h, o cantor e missionário Dudu Amaral, da comunidade Dom de Deus, irá lançar o EP “Preciso da Tua Graça”. De  acordo com Dudu Amaral, o evento será uma ação solidária; parte da arrecadação irá para a Nova Catedral e o centro clínico São Miguel Arcanjo. “Será uma noite oracional e musical, com a participação do Padre Cadu, ministrando a palavra de Deus. O evento terá a duração de 2h, e eu cantarei as canções do EP, inclusive canções inéditas. Essa Live também será uma ação solidária, em que parte arrecadada será encaminhada para as obras da Nova Catedral e Centro Clínico São Miguel Arcanjo”, destacou o cantor. Não perca a Live de lançamento do EP “Preciso da Tua Graça”, dia 29 de janeiro no canal do Dudu Amaral no YouTube a partir das 20h. O endereço é https://youtube.com/duduamaraloficial. Para ajudar a Nova Catedral São João Batista, ou obter informações sobre o projeto, acesse o Facebook: https://fb.com/novacatedralniteroi e o Instagram: https://instagram.com/novacatedralniteroi. O Jornal arquidiocesano Niterói Católico tem uma página voltada para a Nova Catedral. Outros canais diretos com o projeto são: o site http://novacatedral.com,  o telefone (21) 97203-1657 ou o e-mail: contato@novacatedral.com. Por João Dias Arte: divulgação

O post Cantor da Arquidiocese promove Live em prol da Nova Catedral apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

Programa “No Trono da Graça” volta em fevereiro

O Programa “No Trono da Graça”, que está no ar desde 2017, na Rádio Anunciadora e no Facebook da Rádio, sob a coordenação de Luís Marcelo, apresentador do programa e fundador do Movimento”, retorna no dia 2 de fevereiro, sempre às 20h. O apresentador, Luis Marcelo, disse que “a Palavra que direcionará as atividades Missionárias do Movimento No Trono da Graça em 2021 é: ‘E a esperança não engana. Porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.’ (Rom 5,5) Com essa alegria e esperança, retornaremos em 02 de fevereiro, às 20 horas, levando o Cenáculo a cada Lar, para que cada Família tenha uma profunda experiência de um novo Pentecostes. Esperamos por cada um de vocês, para juntos vivermos esse 2021 na presença de nosso Bom Deus, que nos espera cheio de Amor, em seu Trono da Graça! Paz e Avivar!” Luís Marcelo nos falou ainda a respeito do Movimento No Trono da Graça, dizendo que “desde 2013 buscamos ‘SER e FAZER pela IGREJA aquilo que ela mais precisar’. São sete anos de Apostolado, em sua grande parte, através dos meios de Comunicação, como por exemplo, a Rádio Anunciadora, na qual apresentamos o PROGRAMA NO TRONO DA GRAÇA, que vai ao ar às TERÇAS, com reapresentação às QUARTAS E QUINTAS, SEMPRE ÀS 20 HORAS”, destacou. Você pode ouvir o programa através do aplicativo da Rádio Anunciadora ou nos sites: https://radioanunciadora.org.br ou https://arqnit.org.br. Por João Dias Arte: divulgação – Luís Marcelo

O post Programa “No Trono da Graça” volta em fevereiro apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

Paróquia São João Batista em Itaboraí celebrou 325 anos

Na segunda-feira, 18 de janeiro, a Paróquia São João Batista comemorou 325 anos. Neste dia, em 1696, o rei de Portugal e Algarves, Dom Pedro II, elevou-a à categoria de paróquia, por Alvará. No site da Paróquia, o historiador Deivid Antunes  conta a história da paróquia. Descreve ele: “… criada a Paróquia, um novo templo foi construído para esse fim. Por determinação régia de 1699, a Fazenda del’Rey arcou com 200 mil réis anuais, e mais cem dos moradores. Contudo, conforme Pizarro, a capela não resistiu, pois ‘foi de pouco proveito, por não se construir com paredes duráveis, e capazes de resistir ás injurias dos tempos’”. No site, o historiador destaca que, “… a igreja foi construída por mão de obra escrava, sob a responsabilidade do mestre pedreiro Domingos João.  Seu patrocínio, na parte que coube aos fregueses, foi, expressivamente, de Domingos Vaz Pereira, que doou o terreno para constituição do Patrimônio, e João Vaz Pereira. Contou ainda, com uma doação relevante, do futuro Mestre de Campo do Teço Auxiliar de Tapacorá e Maricá, Miguel Antunes Ferreira”, apresentou o autor do texto. Para conhecer e apreender mais sobre a Paróquia histórica de São João Batista, em Itaboraí, acesse: https://obatistaitaborai.com.br/nossa-historia. Por João Dias Informações: Deivid Antunes Foto: Arquivo do IHGI – Instituto Histórico e Geográfico Itaborahyense

O post Paróquia São João Batista em Itaboraí celebrou 325 anos apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

Vaticano veta uso de fotos protegidas por direito autorais

Carta assinada pelo diretor editorial do Dicastério para a Comunicação do Vaticano, Andrea Tornielli, e pelo jornalista do VaticanNews, Silvonei Protz, veta a utilização, por veículos de comunicação da Igreja, no mundo (dioceses, paróquias e outras entidades eclesiais), de fotos retiradas do site VaticanNews, protegidas por direitos autorais. O anúncio foi feito através de carta dirigida aos Bispos, sacerdotes e comunicadores, no dia 13 de janeiro de 2021. A carta informa que existem determinadas fotos, usadas nas plataformas digitais do Vaticano, protegidas por direitos autorais. Como por exemplo: Reuters, AFP-Agence France Presse, ANSA, AP-Associated Press, etc. No comunicado, o Dicastério de Comunicação informa que o Vaticano adquiriu, dos proprietários, o direito de reprodução, apenas em seus sites, sem  possibilidade de publicação em outros. Na carta, foi informado como reconhecer tais imagens: “…as fotografias presentes no site de VaticanNews e que não podem ser republicadas são reconhecíveis, porque na parte inferior delas está o nome da Agência de Imprensa que detém os direitos”. O documento afirma que é concedida a republicação, por parte de dioceses, paróquias e outras entidades eclesiais, de fotografias que acompanham artigos jornalísticos, se forem produzidas pelos  próprios órgãos de comunicação do Vaticano (Serviço Fotográfico Vaticano, Rádio Vaticano, Vatican News, Vatican Media). A carta se encerra com um link, que conecta a um espaço reservado no VaticanNews, no qual a carta, descreve ser o link onde é possível ter acesso a todas as notícias do site do Vaticano, com imagens próprias, o que evitará a utilização de imagens não permitidas. Leia a íntegra da Carta. Leia também: SECOM comunica mudanças na postagem de imagens no portal. Por João Dias com CNBB Foto: Arquivo Carta encaminhada por Dom José Francisco

O post Vaticano veta uso de fotos protegidas por direito autorais apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Leia Mais »

Católico