Niterói

Paróquias começam a receber envelopes da coleta para a evangelização

A Campanha para a Evangelização, de 2019, lembra o cuidado com o anúncio da Palavra, com os pobres e com as comunidades. Os eixos centrais da Campanha deste ano, que têm como lema, “Cuida dele”, a frase presente na parábola do Bom Samaritano, narrada no Evangelho de Lucas, foi lançada oficialmente pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), no domingo, 17 de novembro.

A abertura da Campanha da Evangelização é sempre realizada na Solenidade de Cristo Rei, encerramento do Ano Litúrgico, neste ano, no dia 24 de novembro, e termina no terceiro domingo do Advento, neste ano, dias 14 e 15 de dezembro, quando deve acontecer, em todas as paróquias e comunidades da Arquidiocese de Niterói e do Brasil, a Coleta para a ação evangelizadora da Igreja no Brasil. O gesto concreto de colaboração na Coleta para a Evangelização será partilhado, solidariamente, entre as Dioceses, os 18 Regionais da CNBB e a CNBB nacional, visando à execução de suas atividades evangelizadoras e o atendimento de projetos de evangelização que chegam.

O objetivo da Campanha de Evangelização é motivar os fiéis para participarem, efetivamente, da missão da Igreja, por meio do testemunho de vida, de ações pastorais específicas e da garantia de recursos para a ação pastoral. Os recursos arrecadados são distribuídos da seguinte maneira: 45% ficam na própria diocese; 20% vão para o Regional da CNBB, para as iniciativas evangelizadoras, como as atividades de formação e 35% se destinam à CNBB nacional, que é usado para a manutenção da instituição e também financiamento de ações pastorais.

Este ano, a Campanha para Evangelização completa 21 anos. Aprovada pela 35ª Assembleia Geral da CNBB, 1997, ela foi realizada, pela primeira vez, no advento de 1998.

Por João Dias
Arte: divulgação

O post Paróquias começam a receber envelopes da coleta para a evangelização apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Católico