Niterói

Missa da Unidade reúne fiéis em torno do Arcebispo

Fiéis das 83 paróquias, das 3 quase-paróquias e das 23 comunidades pertencentes aos 16 municípios da Arquidiocese de Niterói se reunirão, na noite desta terça-feira Santa, dia 16 de abril, para a Missa da Unidade, na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Pacheco, São Gonçalo, Vicariato Alcântara. A cada ano os fiéis levam cartazes e participam com entusiasmo deste momento especial de fé e comunhão. Na Missa, os padres da Arquidiocese de Niterói renovam suas promessas.

A Santa Celebração terá a presidência do Arcebispo de Niterói, Dom José Francisco, e será concelebrada pelo Bispo Auxiliar, Dom Luiz Antônio, pelo Arcebispo Emérito, Dom Frei Alano Maria Pena, pelo Vigário Geral da Arquidiocese, Padre Carmine Pascale, pelos Vigários Episcopais e padres da Arquidiocese. Também estarão presentes os diáconos, seminaristas, consagrados e consagradas.

Durante a celebração, os sacerdotes renovam seus votos de compromisso com a Igreja. Na Santa Missa, também conhecida como Missa dos Santos Óleos, quando o Arcebispo abençoará os óleos que serão usados ao longo do ano, nos sacramentos do Batismo, Crisma e Unção dos Enfermos.

Abençoar os Santos Óleos usados no ano inteiro, nas paróquias da Arquidiocese, é uma das cerimônias litúrgicas da Semana Santa, que acontece sempre na manhã da quinta-feira Santa, antes da celebração da Santa Ceia. Em algumas (Arqui)dioceses, esta celebração é antecipada, para ocasião mais conveniente. A dispensa é concedida, tendo em vista razões pastorais, uma das quais, o caso da Arquidiocese de Niterói, é a distância geográfica de algumas paróquias em relação à sede da Arquidiocese, dificultando a participação dos padres, já envolvidos com os rituais próprios da Semana Santa em suas paróquias, e devendo participar, ao mesmo tempo, da missa dos Santos Óleos na Arquidiocese.

Os óleos abençoados nesta celebração são:

ÓLEO DO CRISMA: uma mistura de óleo e bálsamo, significando plenitude do Espírito Santo, revelando que o cristão deve irradiar “o bom perfume de Cristo”. É usado no Sacramento da Confirmação (Crisma), quando o cristão é confirmado na graça e no dom do Espírito Santo, para viver como adulto na fé. Este óleo é usado também no Sacramento da Ordem, para ungir os “escolhidos” que irão trabalhar no anúncio da Palavra de Deus, conduzindo o povo e santificando-o, no ministério dos Sacramentos. A cor que representa esse óleo é o branco ouro.

ÓLEO DOS ENFERMOS:  usado no Sacramento da Unção dos Enfermos, conhecido erroneamente, como “extrema-unção”. Este óleo significa a força do Espírito de Deus para a provação da doença, para o fortalecimento da pessoa para enfrentar a dor e, inclusive a morte, se for vontade de Deus. A cor que representa esse óleo é o roxo.

ÓLEO DOS CATECÚMENOS: catecúmenos são os que se preparam para receber o Batismo, sejam adultos ou crianças, antes do rito da água. Este óleo significa a libertação do mal, a força de Deus que penetra no catecúmeno, liberta-o e prepara-o para o nascimento, pela água e pelo Espírito. A cor que representa esse óleo é o verde.

Por João Dias
Arte: Thiago Maia

O post Missa da Unidade reúne fiéis em torno do Arcebispo apareceu primeiro em Arquidiocese de Niterói.

Católico