Niterói

Arquidiocese se despede da Irmã Tereza de Jesus

A Arquidiocese de Niterói se despediu da Irmã Tereza de Jesus, de nome civil Maria Rosa Dornelas Coelho, que faleceu na manhã de quarta-feira, 13 de junho.

Em seu velório, que aconteceu no Convento Irmãs de Nossa Senhora do Bom Conselho, em Maricá, muitos fiéis acorreram ao Convento, para se despedir da Irmã, e agradeceram, emocionados, a Deus, pelos serviços prestados por ela, durante sua vida.

Na Missa de corpo presente, o Arcebispo de Niterói, Dom José Francisco, Presidente da Celebração, falou, em sua homilia, sobre a dedicação que a Irmã Tereza tinha para com as crianças.

Concelebraram com o Arcebispo, Dom Luiz Ricci, Bispo Auxiliar de Niterói, Dom Roberto Guimarães, Bispo Emérito de Campos, Dom Karl Josef Romer, Bispo Emérito da Arquidiocese do Rio de Janeiro, os Padres Eduardo e Giovane e os diáconos Reynald e Eliberto.

Ao final da Santa Missa, Dom José Francisco pediu para que Dom Romer, Bispo emérito da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, dissesse algumas palavras. O Bispo falou sobre o cuidado da Irmã com as crianças, e lembrou que, para a ressureição, é preciso morrer. A Irmã Tereza de Jesus foi sepultada no Cemitério Municipal de Maricá, logo após a Santa Missa.

As Missas de sétimo dia estão marcada para o dia 19 de junho: a primeira, às 18h no Convento Irmãs de Nossa Senhora do Bom Conselho, situado na Rua Domício da Gama, Eldorado, Maricá – RJ e a segunda, às 19h, na Paróquia Nossa Senhora da Esperança, situada na Rua Padre José Euger, 18-A, Ititioca, Niterói.

Esta mulher, que tanto amou e foi amada, confiamos a Deus, através de nossas preces, e a certeza da fé, expressa na bela frase de São João da Cruz: “No entardecer da vida seremos julgados pelo Amor. Crentes de que todo amor devotado a Cristo, à Igreja e ao Povo de Deus lhe dará, como recompensa, o repouso nos braços do Pai.

Por João Dias com informações de Adigar José
Foto: Adigar José

Católico