Niterói

Santuário Tabor de Schoenstatt em Santa Maria (RS) celebra seus 70 anos

Santa Maria - Rio Grande do Sul (Segunda-feira, 16-04-2018, Gaudium Press) A celebração pelos 70 anos do Santuário Tabor de Schoenstatt, o primeiro do movimento da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável no Brasil, reuniu no último dia 11 de abril representantes de todas as comunidades e apostolados da cidade de Santa Maria.

Santuário Tabor de Schoenstatt em Santa Maria (RS) celebra seus 70 anos.jpg

Antes da realização da Santa Missa, houve um momento de reflexão sobre a história e importância do Santuário Tabor.

Nesse instante, um símbolo se destacou, que foi o cetro, ofertado pelo fundador, Padre José Kentenich, à Mãe de Deus, quando a coroou como Rainha da Filialidade Heroica.

O cetro, que costuma ficar na cidade paulista de Atibaia, foi trazido pelas Irmãs da Central Nacional.

Já a celebração eucarística foi presidida pelo Padre Ivan Simicic, diretor do Movimento de Schoenstatt no Brasil, que se encontrava em Santa Maria juntamente com mais oito sacerdotes e diversas Irmãs de Maria para a reunião anual da Central Nacional de Assessores.

Ao longo da cerimônia, os fiéis presentes no templo puderam ouvir os cânticos entoados pelo Coral das Irmãs de Maria.

Encerrada a missa, o público, com bandeiras e símbolos, saiu em procissão, e de mãos dadas, deram várias voltas em torno do Santuário, renovando a Aliança de Amor com a Mãe e Rainha.

No último domingo, 15 de abril, a Santa Missa festiva ocorreu na Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores. E assim como há 70 anos, partiu do local uma procissão, com destino ao Santuário, no qual foi renovado o compromisso de amor com a Mãe Três Vezes Admirável.

O primeiro Santuário da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt no Brasil, o Santuário Tabor foi inaugurado em 11 de abril de 1948, durante a realização do Congresso Eucarístico Diocesano, pelo então bispo da Diocese de Santa Maria, Dom Antônio Reis.

Sendo enriquecido com a presença do Fundador do Movimento de Schoenstatt, Padre José Kentenich, em pouco tempo tornou-se o centro do Movimento no Rio Grande do Sul, bem como o local de milhares de romarias do Brasil e de outros países.

Junto ao Santuário Tabor encontra-se a Casa Provincial das Irmãs de Maria de Schoenstatt, responsáveis por zelar pela atmosfera de oração em torno do templo. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações do Movimento Apostólico de Schoenstatt

Católico