Niterói

Cardeal Scherer comenta a importância da formação sacerdotal a seminaristas

São Paulo (Terça-feira, 13-03-2018, Gaudium Press) No final do mês de fevereiro, o Arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Pedro Scherer, participou de reunião com os seminaristas e formadores da Arquidiocese de São Paulo.

Cardeal Scherer comenta a importância da formação sacerdotal a seminaristas.jpg

O encontro teve lugar no Santuário Nossa Senhora Aparecida, na região do Ipiranga, marcando o início do ano letivo das casas de formação que compõem o Seminário Arquidiocesano.

Na ocasião, o purpurado conversou e celebrou a Santa Missa com os candidatos ao sacerdócio. Além disso, acolheu os que ingressaram no Seminário Propedêutico neste ano e saudou os 11 padres e os cinco diáconos ordenados no final de 2017.

Também foram apresentadas a Dom Odilo as principais atividades do Seminário neste ano, com destaque para as missões de férias, que acontecerão entre os dias 30 de junho e 9 de julho.

Em suas palavras aos seminaristas, o Cardeal de São Paulo comentou a importância do processo formativo na vida dos sacerdotes. Em seguida, destacou alguns aspectos referentes à formação, como a recém-publicada Constituição Apostólica "Veritatis Gaudium", do Papa Francisco, que trata das universidades e faculdades eclesiásticas.

Depois, o arcebispo entregou um exemplar do documento a cada casa de formação, para que seja estudado em vista de uma adequação dos currículos formativos dos candidatos ao sacerdócio.

"Que a formação sacerdotal esteja cada vez mais no ritmo daquilo que é a necessidade da evangelização hoje, daquelas que são as grandes urgências. É o que o Papa Francisco deseja e tem manifestado", afirmou o Cardeal Scherer

Sobre o Sínodo Arquidiocesano de São Paulo, o religioso lembrou que o seminário também é uma comunidade da Igreja e, portanto, deve também realizar as reuniões mensais propostas para este ano de reflexões.

Os seminaristas também foram orientados a participarem das atividades sinodais das paróquias nas quais atuam pastoralmente, uma vez que o Sínodo, conforme Dom Odilo, "é um grande momento da vida eclesial". "Vocês têm o privilégio de participar desse momento histórico", concluiu o purpurado. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações da Arquidiocese de São Paulo

Católico