Niterói

Canadá: Dia de oração e solidariedade com as mulheres indígenas

Ottawa (RV) - De 1980 a hoje, mais de mil mulheres e jovens índias foram mortas no Canadá. O índice de nativas assassinadas é quatro vezes superior às outras comunidades. A esta tragédia silenciosa, sobre a qual a imprensa cala, é dedicado o dia nacional de oração em solidariedade com os povos autóctones, celebrada todos os anos no Canadá no dia 12 de dezembro, quando se recorda a Virgem de Guadalupe, Padroeira das Américas.

Neste dia de oração, solidariedade e reconciliação, o Conselho Autóctone Católico, CAC (organismo da Conferência Episcopal do Canadá) publicou um manifesto para sensibilizar a população sobre o fenômeno.

“Convidamos comunidades, paróquias e indivíduos a apoiar o inquérito nacional com todos os meios possíveis, participando das cerimônias e vivendo-as intensamente, assim como das operações de pesquisa e salvamento, e oferecendo espaços para as pessoas se reunirem”. O Conselho pede ainda aos fiéis que forneçam às autoridades todas as informações que possuem.

Desde 2015 o governo tem sido solicitado a investigar as causas do desaparecimento e morte de tantas mulheres autóctones e identificar instrumentos para remediar a situação. Foi criada uma Comissão de Verdade e Reconciliação, que não investigou suficientemente nenhum dos casos, não procurou culpados e continua sem adotar recursos legais para evitar esses crimes.

A dor opressora causada por estes crimes violentos é sentida em toda a comunidade. As famílias das vítimas querem respostas para entender o acontecido com seus entes, uma prova de que o Estado se preocupa e um tratamento justo. Justiça e esperança devem agir juntas para cada uma das vítimas e por suas famílias”, afirma o CAC.

O Conselho Autóctone Católico foi criado em 1998 pelos bispos canadenses para estudar e analisar as questões ligadas à espiritualidade e à educação indígenas, encorajando as lideranças indígenas a interagirem com a comunidade católica, em prol da solidariedade e da reconciliação. 

Católico