Niterói

Começa IV Seminário de Comunicação

Começou no dia 07 de novembro, no Centro de Estudos do Sumaré, Rio Comprido, o IV Seminário de Comunicação, que se encerra no dia 10 de novembro. O tema “Ser Igreja na rede: a cultura digital como um recurso” está sendo debatido por palestrantes do Brasil, da Itália (Roma) e dos Estados Unidos.

Segundo o anfitrião, Arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta, eles “são profissionais capacitados a proporcionar uma reflexão sobre temas que tocam, concretamente, o apostolado da Igreja, nestes tempos de uma cultura digital”.

Um dos organizadores, Padre Arnaldo Rodrigues, disse que o objetivo do encontro é fazer um estudo da Igreja, no ambiente das redes sociais e novas tecnologias, nos dias atuais. “A Igreja está inserida nesse contexto. E quisemos fazer esse estudo, trazendo alguns profissionais dessa área. Esses encontros nos ajudam, inclusive, a nos prepararmos para os momentos que virão na era digital”, afirmou o sacerdote.

Os conferencistas são: o secretário da Secretaria para a Comunicação da Santa Sé (Dicastério para a Comunicação), Monsenhor Lucio Ruiz; o Vice-presidente executivo da Qualcomm Technologies, Inc. e Presidente da Qualcomm CDMA Technologies (Califórnia, EUA), Cristiano Amon; o Jornalista e Professor das universidades Facha, Metropolitana do México, Escola Superior de Propaganda e Marketing e PUC-Rio, Fernando Morgado e o assessor da Comissão Episcopal para Comunicação da CNBB, Padre Antônio Xavier.

Dentre as reflexões objetos do encontro, estarão: a construção da cultura digital; o meio digital como “liquidificador” de relações; o empoderamento das pessoas através do uso da rede; a rede entre conexão e solidão; a rede e o conceito de comunhão eclesial; o smartphone – maior plataforma de desenvolvimento e comunicações da Humanidade. O que esperar da próxima década, e como a tecnologia continuará a se desenvolver, também serão temas de explanação no encontro.

“Desejo ressaltar a importância de continuarmos a preparação daqueles que colaboram com nosso pastoreio, para ajudar nossas dioceses, congregações e institutos. Somos, constantemente, chamados a olhar a realidade como se apresenta, a refletir e a dar uma resposta, sempre atual, com base no Evangelho, aplicando-a nas novas ‘praças de evangelização’ e com os novos meios disponíveis”, exortou Dom Orani.

Segundo ele, o aumento do número de participantes do seminário pode ser observado ao longo dos anos. Na primeira edição do evento, foram 97 inscritos, enquanto no último em 2016, 106. Nesta edição, as inscrições foram encerradas e passam de 116. Segundo a organização, o evento foi pensado para ser único, ou seja, acontecer apenas uma vez. Mas devido ao sucesso e à necessidade, tornou-se um encontro anual.

“Isto nos mostra uma busca pelo aperfeiçoamento e uma necessidade de ajudarmos nossos colaboradores mais diretos, na área da comunicação, a estar sempre mais preparados, também tecnicamente, para os desafios que temos diante de nós”, afirmou Dom Orani.

Padre Arnaldo avisou que, além das palestras, haverá atividades culturais ligadas à área da comunicação.

“Cada diocese, movimento ou grupo, que estiver presente, poderá levar para seu local de trabalho as ideias e partilhas que tiveram durante o seminário. Portanto, pedimos a Deus que nos auxilie e nos conduza, para que nos coloquemos a serviço da Palavra, a fim de comunicarmos aquilo que o Senhor Jesus Cristo nos pede, sempre com mais profissionalismo, zelo, atenção e fidelidade”, pontuou.

Acompanhe as palestras, no Facebook do Niterói Católico: fb.com/niteroicatolico, cuja transmissão ocorre em parceria com a Web TV Redentor que, gentilmente, cede as imagens.

Por João Dias com ArqRio
Fotos: ArqRio

Católico