Niterói

Vaticano pede relações multilaterais justas e baseadas na solidariedade

O arcebispo esloveno Ivan Jurkovic representou o Vaticano na Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD, sigla em inglês). 

Nesta terça-feira, 12, ele chamou a atenção para a necessidade de “uma nova cultura mais justa de relações multilaterais”, baseadas na cooperação e solidariedade internacionais.

A mensagem está contida em uma declaração expressa por Dom Ivan, que é observador permanente da Santa Sé na ONU em Genebra, na Suíça. O bispo também destacou a importância dos acordos regionais para comércio e melhoria na qualidade do trabalho, além da proteção ambiental e transparência.

O arcebispo alertou ainda a respeito das relações comerciais injustas que levam à pobreza, aumentam o tráfico, a escravidão e a exclusão dos pobres e vulneráveis de participarem da economia da nação a qual pertencem.

A UNCTAD foi criada em 1964, em Genebra, na Suíça. Trata-se de um órgão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) que busca promover a integração dos países em desenvolvimento e inseri-los na economia mundial.

Por Canção Nova, com Rádio Vaticano

Católico