Niterói

SUPERANDO LIMITAÇÕES – A comunicação nos relacionamentos

Loíse de Oliveira CaputoVários são os instrumentos de comunicação que existem nas redes sociais: Twitter, Facebook, Orkut, como também o celular e suas mensagens SMS, Messenger, SKYPE entre muitos outros. Todos eles foram criados para facilitar e ampliar a comunicação entre pessoas, podemos através deles manter contato com quem está distante. Podemos conversar com amigos de infância, com pessoas que estão do outro lado do planeta e, muitas vezes, também utilizamos estes artifícios para conversar com o colega na mesa ao lado. Porém, apesar destes instrumentos algumas vezes funcionarem, quando não usados adequadamente, ocorrem falhas na comunicação.

Em muitos casos, encontramos relacionamentos estremecidos, tarefas mal ou não executadas, por questão de falhas na comunicação. Um comentário mal interpretado, por exemplo, pode acarretar desconforto e desavença entre pessoas, seja em uma relação pessoal ou profissional. E aí, podemos dizer que os instrumentos modernos que serviriam para facilitar nossa comunicação podem influenciar ainda mais nesse mal entendido, pois quando nos comunicamos através deles, estamos excluindo as expressões faciais, o contato e a linguagem corporal, que servem como conteúdo para a interpretação daquilo que falamos verbalmente, e além disso, aprofundar ainda mais nossa dificuldade de comunicação, pois não vivenciamos o treino do convívio social.

As pessoas precisam aprender a conhecer minimamente o outro, isso mantém um bom relacionamento de comunicação,  e desta forma, se consegue levar em consideração a maneira como cada um percebe o mundo, porque todas as informações são processadas e interpretadas sob a influência de suas crenças, de outros componentes aprendidos durante a vida e também na convivência com as pessoas.

Muitas vezes, ao recebermos aquilo que outra pessoa nos passa, por causa de nossos preconceitos, acabamos interpretando de forma diferente daquilo que realmente é. Se alguém cometeu um erro uma vez, a probabilidade de ser julgado negativamente é grande (intolerância ao erro), assim como alguém, que é sempre assertivo, a probabilidade de ser julgado para melhor, também acontecerá antes mesmo de se concluir aquela situação.

Nesta busca por uma boa comunicação, compreender as atitudes das pessoas é algo muito importante, e para isso, precisamos analisar a situação e o momento em que elas estão inseridas. A empatia também é necessária para a busca de soluções para comunicação.

Por Drª Loíse de Oliveira Caputo

Católico