Niterói

LUZ DE FÁTIMA – Chamados à ir em  missão

N-Sra-de-Fatima“Jesus É o enviado do Pai”. Desde o início do seu ministério.”Chamou a si os que quis e dentre eles instituiu Doze para estarem com Ele e para enviá-los à pregar”. (Mc.3,13-14) por isso serão os seus “enviados”. Neles continua sua própria missão: “Como o Pai me enviou, eu também vos envio”(Jo.20, 21) Cf. CIC 858 e, no número 850 o CIC nos diz que mandato missionário do Senhor tem a sua fonte última no amor eterno da Santíssima Trindade: “A Igreja peregrina é por sua natureza missionária. Pois ela se origina da missão do Filho e da missão do Espírito Santo,  no segundo desígnio de Deus Pai”1392. E o fim último da missão não é outro senão fazer os homens participarem da comunhão que existe entre o Pai e o Filho no seu Espírito de Amor 1393.

E Jesus continua chamando e enviando, adultos e crianças. A uns enviados literalmente, em missão: são aqueles que saem da sua terra e vão anunciar  o Evangelho em terras perto ou distantes, a custo de dar a sua própria vida como mártires. Outros, não saem do claustro como Santa Teresinha do Menino Jesus e mais tarde como os Pastorinhos de Fátima que não saíram da sua pequena aldeia. Dali eles viajaram por todo o mundo em uma entrega total de si mesmos numa vida de oração e de penitência atendendo ao mandato de Deus, como a Virgem Maria lhes disse: Jesus quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado  coração, Ele quer servir-se de ti para me fazer mais conhecida e amada.

“Em 1917, a Virgem Santíssima aparecendo a três humildes criancinhas: pastorinhos de Fátima e disse: Quereis oferecer-vos à Deus para suportar todos os sofrimentos que Ele quiser enviar-vos, em reparação pelos pecados com que Ele é ofendido e de súplicas pela conversão dos pecadores? Sim, queremos”. Maria, Missionária de Deus propõe uma missão à Lúcia, Francisco e Jacinta: – Quereis oferecer-vos como Missionários do Altíssimo para melhorar o mundo? Quereis não viver para si próprios (Rom.14,7-8), mas oferecer-vos a Cristo como Ele se ofereceu ao Pai e continua a oferecer por nós, cooperando com a salvação da humanidade?

Jacinta tomou tanto a peito o sacrifício pela conversão dos pecadores que não deixava escapar ocasião alguma. Conta Lúcia: “pouco tempo antes de ir para o Hospital, (Jacinta) dizia-me “já me falta pouco para ir para o céu; tú ficas cá para dizeres que Deus quer estabelecer no mundo a devoção do Imaculado Coração de Maria”[…] Diz a toda a gente que […] o Coração de Jesus quer que ao seu lado se venere o coração Imaculado de Maria. Peçamos, por intercessão do Imaculado Coração de Maria, por aqueles que nunca ouviram falar de Jesus e por aqueles que, julgando conhecê-l’O buscam em cisternas contaminadas a água viva que lhes falta.

Lendo as aparições, concluímos que os Pastorinhos Francisco, Jacinta e Lúcia que receberam a missão de ir por todo o mundo para anunciar o Reino de Deus, chamando todos à mudança de vida e sacrificar-se pelos pecadores dizendo muitas vezes sempre que fizerem algum sacrifício: Óh! Jesus, é por vosso amor, pela conversão dos pecadores e em reparação pelos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria.

Os Pastorinhos anunciaram o Evangelho numa entrega total de si mesmos numa vida de penitência, oração e conversão dizendo a todos que é preciso converterem-se e levar uma vida voltada pra Deus, consolando-o na adoração à Santíssima Trindade com espírito de sacrifício e de oração por todos os homens, mas sobretudo pela conversão dos pecadores e pela santa igreja.

Cada um de nós é chamado e enviado. O cristão tem a missão de anunciar e testemunhar que há sempre esperança para quem se encontra no abismo e para quem se acha perdido.

Em 1917 Nossa Senhora falou aos Pastorinhos e hoje fala a nós: Não tenham medo, eu nunca vos deixarei sozinhos. Tal como os Pastorinhos de Fátima estavam disponíveis para oferecer a sua vida a Deus, para consolá-lo, e pela salvação de todos, também eu o devo fazer. Só assim serei o missionário enviado de Jesus.

Salve Maria!

                           Por Ir. Salete Porfirio MSF

Católico