Niterói

NOSSA SENHORA – Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

nossa_senhora_do_perpetuo_socorro_1Neste mês de junho, celebramos com a Igreja, no dia 27, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Essa devoção nos leva a 1870, quando começou a ser propagada. Na pintura do século XIII, de estilo Bizantino, a Virgem Maria trás no braço esquerdo a figura do Menino. Também aparecem no quadro os Arcanjos Miguel e Gabriel.

Conta a história que o belíssimo quadro foi trazido de Creta, na Grécia, para a Igreja de São Mateus in Merulana, em Roma, por um negociante, e introduzido na igreja no dia 27 de março de 1499, por um pedido da própria Virgem Maria, que apareceu a uma menina de seis anos.

Em 1798, 300 anos depois, a guerra destruiu grande parte da igreja onde estava o quadro. Os agostinianos, responsáveis pela pintura e pela igreja, se mudaram para um convento vizinho, mantendo o quadro escondido por muito tempo.

Alguns anos mais tarde, em 1819, o quadro foi colocado em uma capela interna, na Igreja Santa Maria in Posterula, quase caindo no esquecimento.

Em 1866, no dia 26 de abril, os agostinianos confiaram o quadro de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro aos redentoristas, que haviam adquirido as propriedades de “Villa Caserta”, em Roma, e junto a essas propriedades, estavam as ruínas da Igreja e do Convento de São Mateus.

No quadro, os dois arcanjos, Miguel e Gabriel apresentam ao Menino Jesus os instrumentos de Sua paixão, a lança, a vara com a esponja, o cálice da amargura, a cruz e os cravos. Podemos ver que o Menino parece ter pulado, assustado, para os braços da Mãe, a ponto de sua sandália ter se soltado de um dos pés. A Mãe o acolhe e o socorre. O olhar de Maria, no quadro, se dirige a nós, porém sua mão direita aponta o Seu Filho.

Os lábios de Maria estão fechados, mostrando que ela pouco falou, mas guarda tudo em seu coração. Podemos ver também as mãos do Menino Deus segurando as mãos de Maria. Isso nos mostra a confiança que Ele tem em sua Mãe Santíssima.

Diante de uma pintura que, no silêncio mariano, nos fala tanto, com seus gestos e significados, somos convidados a confiar, assim como o Menino Deus, todas as nossas preocupações, perigos e aflições à Virgem do Perpétuo Socorro, pois no fim, ela nos levará Àquele que perpetuamente, eternamente, nos socorrerá, “Fazei tudo o que Ele vos mandar”.Michael Sales

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, rogai por nós!

Por Michael Sales

Católico